Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (62)99450-9072

Encontre o que deseja

    Crime

Mulher é encontrada morta em beco; marido que saiu da prisão há um mês é suspeito do crime

Publicada em 18/10/23 as 14:48h por Vitória 87 FM - 40 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Vitória 87 FM)
Segundo a polícia, o suspeito estava preso por agredir a mulher, mas recebeu um alvará de soltura há um mês. A vítima tinha uma medida protetiva contra o homem, mas depois que ele foi solto, voltou a morar com ele.
O corpo de Michele da Cruz Silva foi encontrado em um beco, no bairro Núcleo Habitacional, em Novo Gama, na manhã de terça-feira (17). A Polícia Civil suspeita que a vítima tenha sido morta a facadas na casa em que morava com o companheiro e, depois, arrastada até a rua. O homem já cumpria pena por violência doméstica, mas recebeu um alvará de soltura há um mês.O suspeito foi identificado pela polícia, mas não foi localizado. Por isso, ele não foi preso. Como as autoridades não divulgaram o nome dele, o g1 não localizou sua defesa para se manifestar sobre o caso.

De acordo com o delegado do caso, Taylor Brito, a mulher tinha um relacionamento conturbado com o suspeito há um tempo. Ele afirma que existem boletins de ocorrência, em que a vítima denuncia o companheiro por violência doméstica. Inclusive, ela chegou a conseguir uma medida protetiva que obrigava o homem a manter distância dela.

“Ele estava preso até o mês passado por agressão física contra a mulher, mas recebeu um alvará de soltura. Tinha uma medida protetiva que proibia ele de se aproximar da vítima, só que ambos estavam residindo na mesma casa desde que ele foi solto, onde aconteceram os fatos”, explicou o delegado.Indícios
As investigações consideram o homem suspeito porque na casa onde o casal vivia foram encontradas manchas de sangue no chão, uma faca também cheia de sangue e muita desorganização. “Tudo indica que houve luta corporal”, diz o delegado.

Agora, a polícia realiza buscas pelo homem e tenta entender qual teria sido a motivação e dinâmica do crime. Segundo o delegado, o homem também estaria machucado, pois haviam gotas de sangue traçando uma rota onde possivelmente ele possa ter fugido.Por Larissa Feitosa, g1 Goiás





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (62)99450-9072

Visitas: 241729 | Usuários Online: 10

Todos os direitos reservados

Converse conosco pelo Whatsapp!